História

Assim como a necessidade de gerenciar projetos, o instituto cresceu rapidamente. No mesmo ano de sua fundação, foi realizado o primeiro PMI® Seminars & Symposium em Atlanta, Geórgia EUA, com a participação de 83 pessoas.

Nos anos 70 o PMI® cresceu e prosperou. A primeira edição do Project Management Quarterly (PMQ) foi publicada, e posteriormente renomeada para Project Management Journal (PMJ). O primeiro evento anual “Seminars & Symposium” foi realizado fora dos EUA, o primeiro Capítulo do PMI® foi oficializado e o primeiro Programa de Prêmios Profissionais estabelecido. Ao final da década, o PMI® somava mais de 2 mil associados no mundo.

Durante os anos 80, o número de associados, os programas e os serviços oferecidos pela associação aumentaram. Um Código de Ética foi adotado para a profissão e o primeiro Project Management Professional (PMP®) foi certificado. E também, o primeiro modelo padrão de Gerenciamento de Projetos foi publicado: o PMQ Special Report on Ethics Standards and Accreditation.

Assim como a instituição, as publicações do PMI® sobre produtos e serviços proliferaram. O primeiro livro do PMI® foi copublicado e nasceu a PMNetwork, revista mensal do PMI®. Em razão deste crescimento foi estabelecida a Divisão de Publicações do PMI® na Carolina do Norte, EUA.

Em 1990, o PMI® somava mais de 8,5 mil associados, e em 1993 este número crescia cerca de 20% ao ano. Nos anos 90, a comunicação entre membros foi o mote: foram formados os Grupos de Interesses Específicos, os Colleges e o Seminars USA, uma série de programas educacionais em Gerenciamento de Projeto (renomeado como World Seminars). O PMI® Today, boletim informativo mensal do PMI®, circulou pela primeira vez.

A preocupação com a disseminação das melhores práticas em GP só aumentou. Com o advento da internet, finalmente os membros de todo o mundo tiveram a oportunidade de ter um canal de comunicação, o que possibilitou a publicação do “A Guide to the Project Management Body of Knowledge (PMBOK® Guide)”, mais conhecido como PMBOK®, um guia englobando todas as áreas do conhecimento que regem as regras do gerenciamento de projetos.

E ainda nos anos 90, foi estabelecido o Programa de Desenvolvimento Profissional (Professional Development Program – PDP) para que os profissionais certificados como PMP® mantenham sua certificação.

No inicio do século 21, o PMI® já contava com mais de 50 mil associados, mais de 10 mil Profissionais de Gerenciamento de Projeto (PMP®) certificados e mais de 270 mil cópias do PMBOK® Guide circulavam pelo mundo.